Currículo: escolha o que se adapta à sua realidade!

Sabia que existem diversos tipos de currículos que pode utilizar para descrever o seu percurso académico e profissional? Conheça os tipos de currículo que existem e escolha o que se adequa mais ao seu perfil!

O que é um Currículo?

Um currículo é um documento que apresenta uma visão geral das capacidades, experiências e qualificações de uma pessoa. Normalmente é usado quando se candidata a um emprego ou quando se inscreve em algum programa de estudo. Assim, é uma maneira de apresentar sua história profissional e académica de forma clara e concisa, para que as pessoas possam entender rapidamente o seu perfil e o que pode oferecer à empresa. Estes são alguns elementos gerais que devem ser incluídos num currículo:

  • Informações pessoais – nome, endereço, telefone e e-mail;
  • Formação académica – qualquer grau ou certificação que tenha obtido, incluindo a instituição de ensino, o título do grau e o ano de conclusão;
  • Experiência profissional –  funções que tenha desempenhado, nomes das empresas, localizações e as datas de início e término. Aqui também deve descrever assuas responsabilidades e realizações em cada posição de trabalho;
  • Skills – inclua capacidades técnicas e outras capacidades relevantes que possui, como conhecimentos de informática, idiomas ou na área da comunicação;
  • Interesses ou atividades extracurriculares – inclua atividades extracurriculares que sejam relevantes para o emprego a que se está a candidatar;
  • Referências – se as tiver, inclua o nome, título e informações de contato de pelo menos três pessoas que possam fornecer referências sobre as suas qualificações e capacidades.

É muito importante rever o seu currículo antes de o enviar, garantindo que todas as informações estão corretas e que se encontra bem escrito, sem erros ortográficos ou de outra ordem. Escolha um template simples e profissional, usando uma fonte legível. Envie o currículo em formato PDF para garantir que é bem visualizado independentemente do dispositivo usado pelo possível empregador ou empresa de recrutamento.

Que tipos de Currículo existem?

Existem alguns tipos de currículos que as pessoas podem usar quando estão a candidatar-se a uma vaga de emprego. Estes são alguns exemplos:

Currículo Cronológico

Este tipo de currículo lista as experiências profissionais e as qualificações em ordem cronológica inversa, começando pelo trabalho mais recente. Assim, apresenta a sua história profissional e académica pelo emprego ou posição mais recente.

Normalmente, o currículo cronológico começa com uma secção de informações pessoais, seguida por uma área de formação académica e uma zona de experiência profissional. Cada posição de trabalho é listada com o título do cargo, o nome da empresa, a localização e as datas de início e término. As responsabilidades e realizações são descritas em uma ou mais frases.

Este é um tipo de currículo ideal para profissionais com uma história de trabalho coerente e progressiva num determinado campo ou indústria, pois permite mostrar o progresso e o crescimento profissional ao longo do tempo. No entanto, se existem lacunas significativas no percurso profissional ou tem trabalhos que não são relevantes para o emprego ou programa de estudo em questão, um currículo cronológico pode não ser a melhor opção. Nesse caso, um currículo funcional ou misto pode ser o mais adequado.

Currículo Funcional

Este tipo de currículo foca-se nas competências e conhecimentos do candidato em vez da sua história profissional. O currículo funcional começa com uma secção de informações pessoais, seguida de uma área de skills,  onde se destacam as competências e habilidades relevantes para o emprego. De seguida, vem uma zona  onde se mostra a experiência de trabalho, que lista os títulos dos cargos, os nomes das empresas e as datas de início e término. As responsabilidades e realizações são descritas em uma ou mais frases. Por último, vem uma seção de formação académica.

O currículo funcional pode ser usado por pessoas que têm experiência limitada,  que têm muitas lacunas no histórico de trabalho ou que desejam mudar de carreira e precisam destacar as habilidades que têm transferência para o novo campo. No entanto, o currículo funcional pode ser menos eficaz para pessoas que têm uma história de trabalho consistente e progressiva numa determinada área profissional, pois não destaca essa experiência de maneira clara. Nesse caso, um currículo cronológico pode ser o mais adequado.

Currículo Misto

Este tipo de currículo combina elementos de um currículo cronológico e um currículo funcional, listando tanto as experiências profissionais do candidato em ordem cronológica inversa, como também as capacidades e conhecimentos relevantes para o emprego em questão.

Começa com uma secção de competências e habilidades relevantes para o emprego. De seguida, vem uma área com a experiência real de trabalho, que é organizada cronologicamente e inclui os títulos dos cargos, os nomes das empresas, as localizações e as datas de início e término. As responsabilidades e realizações são descritas em uma ou mais frases. Por último, vem uma zona com a formação académica.

Um currículo misto é uma opção popular para pessoas que têm uma mistura de skills e experiência de trabalho relevante para o emprego a que se estão a candidatar, pois, permite destacar as competências mais relevantes no início do currículo, enquanto ainda fornece uma visão geral do percurso profissional. No entanto, é importante notar que um currículo misto deve ser bem equilibrado e não deve se concentrar excessivamente em uma ou outra parte (habilidades ou experiência de trabalho). O objetivo é criar um currículo que destaque as suas competências mais relevantes, ao mesmo tempo que disponibiliza uma visão geral de sua experiência e histórico profissional.

Currículo europeu

Este tipo de currículo, também conhecido como CV, é muito similar ao currículo cronológico, mas inclui mais informações sobre a formação académica e os interesses pessoais do candidato.

O currículo europeu, também conhecido como currículo Europass, é um tipo de currículo padronizado que foi criado pela União Europeia para facilitar a comparação de qualificações e experiência de trabalho entre os países da UE. Na realidade, este currículo é composto por cinco documentos:

  1. CV Europass – modelo de currículo que pode ser preenchido online ou baixado em formato Word ou PDF, com áreas para informações pessoais, formação académica, experiência de trabalho, copetências e outras informações relevantes;
  2. Carta de Motivação Europass –  um modelo de carta de apresentação que pode ser usado para se candidatar a empregos ou programas de estudo;
  3. Passaporte de Línguas Europass – documento que registra as línguas e os seus níveis de competência;
  4. Diploma Supplement – documento que acompanha o seu diploma de graduação e fornece informações adicionais sobre o programa de estudo, os requisitos de grau e o sistema de avaliação;
  5. Certificado de Qualificação Profissional Europass – documento que descreve as qualificações profissionais adquiridas através de formação não formal, como cursos de treinamento ou experiência de trabalho.

O currículo Europass é uma opção popular para pessoas que desejam trabalhar ou estudar na UE ou em outros países da Europa, pois, é reconhecido por empregadores e instituições de ensino em toda a Europa. No entanto, é importante notar que o currículo Europass é apenas um modelo e não é obrigatório.

Como fazer um Currículo?

Existem várias maneiras de fazer um currículo, mas existem alguns elementos básicos que devem ser incluídos em todos os currículos. Aqui estão algumas dicas para criar um currículo eficaz:

  1. Comece com suas informações pessoais, como nome, endereço, telefone e e-mail;
  2. Adicione uma secção com a sua formação académica, incluindo qualquer grau ou certificação que tenha obtido;
  3. Inclua uma área sobre a sua experiência profissional, começando pelo emprego mais recente, descrevendo as suas responsabilidades e realizações em cada posição;
  4. Adicione uma zona para as skills, destacando as competências técnicas e outras relevantes que possui;
  5. Inclua uma seção de interesses ou atividades extracurriculares, desde que sejam relevantes para o emprego que se está a candidatar;
  6. Reveja o seu currículo para garantir que está bem escrito, sem gralhas ou erros;
  7. Formate o seu currículo de maneira clara e profissional, usando uma fonte legível e um layout simples;
  8. Salve o seu currículo como um arquivo PDF para garantir que não se perde informação e que é recebida pelo entrevistador da melhor forma.

Sabia que existem diversos tipos de currículos que pode utilizar para descrever o seu percurso académico e profissional? Conheça os tipos de currículo que existem e escolha o que se adequa mais ao seu perfil! O que é um Currículo? Um currículo é um documento…